Conheça a melatonina: o hormônio do sono

thumbnail

No oriente, acredita-se que a glândula pineal é uma espécie de terceiro olho; na yoga, ela é a janela de Brahma, conhecida como Olho de Diamante que, quando treinado, pode entender uma realidade transcendental; já para René Descartes, ela era a morada da alma. Já para a ciência, a glândula pineal é responsável pelo nosso sono. 
A glândula pineal é uma pequena glândula endócrina localizada no nosso cérebro. Ela produz um hormônio muito importante para nós chamado melatonina, que modula os padrões dos ciclos do nosso sono – e é dele que vamos falar hoje.

Conhecendo a Melatonina

Conhecida também como hormônio do sono a melatonina não só regula o momento de dormir, mas também atua na reparação das células expostas ao estresse. 

Foi descoberta em 1958 pelo dermatologista Aaron Lerner. Ela é derivada de outro hormônio, a serotonina e sua secreção inicia-se cerca de 2 horas antes do horário habitual de dormir. Depois de secretada, ela se distribui por vários tecidos corporais e não é estocada pelo corpo. Quando há presença de luz, uma mensagem neuro endócrina é enviada, fazendo com que sua produção seja bloqueada.

Como a melatonina atua

Ela é liberada no início da noite, quando escurece, para que o organismo compreenda que está chegando a hora de dormir. Começamos a sentir sono e a temperatura interna cai.

A melatonina atinge seu pico durante o sono e seu nível é reduzido pela manhã, sinalizando ao corpo que é hora de despertar e voltar para as atividades do dia.  A temperatura corporal sobe.

Ações da Melatonina

A melatonina tem grande capacidade antioxidante, ação imunomoduladora e anti-inflamatória. A sua principal ação é cronobiológica, ou seja, ela temporiza e sincroniza diferentes funções do organismo. E, claro, coordena o ritmo circadiano, ajudando o nosso organismo a identificar o ciclo claro-escuro. 

Mais sobre a Melatonina: suplementação

Além da nossa produção natural existe a versão sintética da melatonina, que é igual a versão natural e segundo estudos, este composto é eficaz para corrigir algumas irregularidades do sono, como pessoas que demoram para adormecer ou quando dorme e acorda tarde e precisa regular a rotina. Além disso, ela também auxilia para controlar o conhecido jet lag, que é a confusão que nosso organismo sente com o fuso horário devido a viagens muito longas. Para os idosos, a suplementação de melatonina pode ser uma grande ajuda, já que com a idade a produção natural desse hormônio cai.

Muitas pessoas procuram o auxílio da melatonina como alternativa para dormir, mas ela não cumpre a função de manter o sono, mas sim iniciar o ciclo. Com essa função, a suplementação de melatonina é comumente usada por quem tem dificuldades de pegar no sono.

Venda da melatonina

Nos Estados Unidos podemos encontrar a versão sintética da melatonina em forma de comprimido em qualquer farmácia ou supermercado onde pode ser comprada e consumida sem qualquer restrição.

No Brasil, ela não foi registrada por nenhuma indústria farmacêutica, mas as pessoas podem comprar formulações preparadas em farmácias de manipulação, apresentando uma receita médica. 

É bom lembrar: o suplemento deve ser feito com orientação médica.

Saiba mais sobre a importância do sono, neste post aqui!

Bjs

Sou Nanda Carvalho, farmacêutica e professora por vocação e apaixonada por aprender, conhecer, ensinar e informar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top
error: O conteúdo está protegido !!