Conheça os benefícios dos Probióticos

thumbnail

O que são Probióticos?

Os probióticos são bactérias benéficas que vivem no intestino e ajudam a melhorar a saúde do nosso organismo. Eles fazem com que tenhamos uma digestão mais fácil e uma absorção de nutrientes mais completa, fortalecendo o sistema imune

Quando a flora intestinal está desequilibrada o intestino acaba sendo povoado por bactérias ruins, deixando o nosso organismo vulnerável para algumas doenças. O papel dos probióticos é interagir com a  flora intestinal ajudando a controlar a multiplicação desses microrganismos. 

Como eu disse acima, eles nada mais são do que bactérias e entre elas, as consideradas probióticas são as Lactobacillus e Bifidobacterium.

Principais benefícios

Eles combatem e previnem doenças como a síndrome do intestino irritável, doença de Crohn e inflamações intestinais, melhoram a digestão e ajudam a evitar prisão de ventre e a diarreia. 

Eles também auxiliam na absorção de nutrientes como o cálcio, ferro e vitamina B. Fortalecem o sistema imunológico aumentando a produção de células de defesa e impedindo a proliferação de bactérias ruins no intestino, além de nos ajudar a digerir a lactose e prevenir alergias e intolerâncias alimentares.

Como consumir produtos Probióticos

As suas principais formas de ingestão são: o aumento do consumo de alimentos ricos nesses microrganismos naturais e uso de suplementos com probióticos.

Alimentos

Alguns alimentos são ricos nessas “bactérias do bem” e pode ficar tranquilo, porque eles são bem fáceis de ser incluídos na nossa alimentação. O iogurte natural, por exemplo, é a fonte mais fácil para se encontrar probióticos nos mercados. Leites fermentados, kombucha, também são uma ótima opção e alguns vêm no tamanho certinho para a dose recomendada como diária. 

Se você tem mais paciência para cultivar bactérias em casa(eu sei que essa frase soa engraçada), o kefir é um produto excelente. Ele é fermentado com levedura e fica semelhante ao iogurte, mas tem um teor mais elevado de probióticos. 

Suplementos

Além de optar pelo consumo dos alimentos acima, os probióticos também podem ser ingeridos por suplementação, e podem ser encontrados em farmácias e lojas de produtos nutricionais. Se  o seu latim não estiver em dia, anote esses nomes porque eles são importantes: 

Existe o grupo das Bifidobacterium (ou bifidobactérias, pra facilitar) e podemos encontrar quatro tipos: a animalis ajuda a fortalecer o sistema imunológico; a bifidum que está presente no intestino delgado e grosso, ajudando na digestão dos laticínios; a breve que ajuda a combater infecções por bactérias do mal e fungos e a longum que é um dos tipos de probióticos mais comuns no intestino e ajuda a eliminar toxinas do organismo.

E existe o grupo das Lactobacillus, que são: a acidophilus que é importante na absorção de vários nutrientes, além de combater infecções e facilitar a digestão; a reuteri que aparece no trato gastrointestinal, vaginal e oral sendo eficiente contra a infecção por H. Pylori; a rhamnosus que auxilia no combate rápido em casos de diarreia e a fermentum que ajuda a neutralizar as toxinas liberadas durante a digestão.

Indicações

Em geral, consumir alimentos ricos em probióticos é considerado seguro para jovens, adultos e idosos, exceto para pessoas que tenham restrições para algum componente desses produtos. Já para o uso de suplementos, mesmo eles sendo vendidos em farmácias sem necessidade de receitas, não são indicados para todos. Lembre-se sempre que tudo em excesso não é aconselhável e, como eu sempre digo, procure o seu médico ou nutricionista para identificar quais são os suplementos ideais para você. 

Espero que este artigo tenha ajudado vocês! 

Um grande beijo e gratidão. 

Sou Nanda Carvalho, farmacêutica e professora por vocação e apaixonada por aprender, conhecer, ensinar e informar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top
error: O conteúdo está protegido !!